HP chega a 8,2 mi de produtos feitos com plástico reciclado

A empresa de tecnologia Hewlett-Packard (HP) já produziu 8,2 milhões de equipamentos com plástico reciclado desde 2012 no Brasil. Esse dado foi divulgado pelo gerente de logística reversa e reciclagem da empresa, Diego Mutta, durante painel no evento de tecnologia e sustentabilidade Greenk Tech Show 2019, que ocorreu em São Paulo, no mês de outubro.

O resultado faz parte do programa global da empresa, o HP Planet Partners, que tem como premissa a reciclagem de produtos da empresa e a utilização desses materiais extraídos no processo de reutilização na cadeia produtiva. Hoje, a companhia consegue fazer peças e partes de impressoras com o plástico proveniente do projeto de sustentabilidade. 

Mutta afirma que o propósito da HP é gerar impacto positivo por meio da chamada "economia circular" - em que os produtos usados são reinseridos na cadeia produtiva, gerando valor para a empresa e a sociedade. "Trazer materiais de volta e gerar novos equipamentos com eles é a melhor forma de reduzir o impacto ambiental", diz. 

A iniciativa mundial teve início em 1991 com a reciclagem de cartuchos de tinta da marca. Nos seis anos seguintes, o programa progrediu até que todos os produtos da companhia de tecnologia, como impressoras, notebooks e acessórios, também pudessem ser reaproveitados na linha produtiva. No Brasil, o processo de reciclagem dos produtos é feito na planta industrial de Sorocaba, no interior do estado de São Paulo, onde fica o laboratório de inovação da empresa. Para que o material para reutilização chegue até a fábrica, a empresa de tecnologia criou mais de 400 pontos de coleta e fez parcerias com varejistas, os Correios e cooperativas de reciclagem. "As parcerias são fundamentais, porque sozinha a HP não consegue fazer tudo acontecer sozinha", afirma Mutta.